Nikon D7500

Como recente anúncio da Nikon D7500, e sendo na minha opinião a Nikon D7200 ainda uma câmera muito popular perante a comunidade de fotógrafos que usam Nikon, restava aqui verificar todas as potencialidades e também o que foi e não foi melhorado nesta nova câmera da Nikon.

D7500

É um facto um facto que a Nikon D7500 partilha muitas das especificações com a Nikon D500, mas será mesmo uma real substituta da D7200?

Neste artigo vou falar das especificações que a Nikon D7500 partilha com a D500, mas também vou falar das especificações que ficam e faltar e que existem na D7200 e que não foram melhoradas nem estão agora presentes na D7500.

Nikon

Especificações herdadas da Nikon D500:

Em Janeiro de 2016 a Nikon anunciou a Nikon D500, uma verdadeira substituta da minha Nikon D300.

A Nikon D500 é a flagship da linha “crop” APS-C da Nikon, e sem sombra de dúvida era um grande passo à frente da Nikon D7200 que nunca foi uma verdadeira substituta da Nikon D300 e D300S.

A Nikon D500 trouxe para a linha Nikon grandes avanços tais como o video 4K, um extraordinário ISO, um sufocante buffer, pontos de foco triplos etc.

Pontos em comum:

  • O mesmo sensor CMOS de 20.9 Megapixeis
  • ISO
  • Video 4K
  • Bluetooth
  • Ecrã articulado

Especificações que não herda da Nikon D500:

  • 8 FPS em vez dos 10 frames por segundo da Nikon D500
  • Não herda os 153 pontos de autofoco da Nikon D500
  • Não herda a mesma capacidade de buffer

Mas não é só isto trata-se de uma câmera mais leve, é 120 gramas mais leve que a Nikon D7200 e 240 gramas mais leve que a Nikon D500.

Mas o que perde a Nikon D7500 comparada com a Nikon D7200:

  • Capacidade da bateria 950 disparos menos que a Nikon D7200 com 1100 disparos por bateria.
  • Só tem uma ranhura para cartões de memória
  • Não tem a capacidade de instalar um grip vertical
  • Não tem a capacidade de poder usar lentes AI (AI INDEXING não está presente).

Visto isto, na minha opinião a Nikon D7500 não é uma verdadeira sucessora da Nikon D7200.

Penso que o que a Nikon tentou fazer foi criar uma classe à parte, uma câmera para quem quer algo mais leve, mais portátil, ou seja a Nikon quis claramente distanciar estas duas linhas, a Nikon D500 uma verdadeira câmera APS-C semi profissional, capaz de desenvolver trabalhos profissionais, e a Nikon D7500, uma câmera mais virada para um mercado de entusiastas, distanciando assim estas duas linhas e fazendo claramente um afastamento das especificações que vinha conferindo à Linha 7000.

 

 

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAdeus Pentax
Próximo artigoTeal and Orange
Nascido em Lisboa, Advogado de profissão e fotógrafo de coração, com licenciatura em Direito bem como formação em Marketing e publicidade, dedica-se à fotografia, e produção de contéudos.

Deixar uma resposta