Sony A7 MK II ensaio e review

Em primeiro lugar e antes de começar a falar da A7 II quero referir que muito se tem escrito sobre estas câmeras, e muitos fotógrafos estarem a substituir as câmeras DSLR por estas fantásticas câmeras sem espelho.

E sobre isto quero referir o seguinte, na minha opinião as câmeras mirrorless ou sem espelho não vieram ainda substituir as câmeras com espelho e digo ainda pois muito provavelmente o futuro assim vai ser.

No que a esta câmera diz respeito apesar de ser uma fantástica jóia da tecnologia, a mesma em termos de ergonomia, capacidade de focar e lentes disponíveis no mercado, na minha opinião ainda não é uma verdadeira alternativa a uma DSLR, funciona mais como uma compacta com lentes intermutáveis do que uma verdadeira alternativa a uma DSLR.

É mais pequena e leve do que uma DSLR, é um facto, mas isso pode não ser uma vantagem. Notei que alguns dos comandos estavam demasiado próximos uns dos outros tornando difícil fazer algumas configurações em tempo útil.

Dito isto vamos falar sobre esta pequena caixinha mágica da fotografia.

A7II

O Destino escolhido para testar esta câmera foi Peniche, uma vez que a Sony teve a gentileza de com ela enviar uma potente zoom a FE 24-240 mm F3.5-6.3 OSS. e a FE 28 mm f 2.0.

Lente
Lente FE 24-240 mm F3.5-6.3 OSS
Lente FE 28 mm F2
Lente FE 28 mm F2

E Peniche foi o local escolhido, pois permitia fotografar e testar quer a Sony A7 MK II quer ambas lentes, pois para além der ser um local bastante interessante em termos históricos onde destaco o forte e antiga prisão, tem também as praias que permitem fotografar os praticantes de kitesurf permitindo testar a zoom que nos foi disponibilizada.

A Sony Alpha A7 Mark II é o sucessora da A7 original torna-se a quarta câmera sem espelho (mirrorless) full-frame da série A7. Anunciada em novembro 2014 cerca de um ano após a primeira A7. Esta mantém a mesma resolução de 24 megapixels, acrescenta no entanto, um melhor Auto foco, mas importante é o facto de ser a primeira câmera sem espelho da Sony com controlo de estabilização de imagem  embutida e que funciona com qualquer lente que colocar.

OSS

A Sony descreve a estabilização da A7 II como funcionando em cinco eixos: X, Y, Yaw, pitch and roll, tudo conseguido através da montagem do sensor numa plataforma flutuante.  A Sony descreve ainda que o sistema fornece até 4,5 pontos de compensação por normas CIPA o que o coloca de forma semelhante em ambição e abordagem ao sistema usado pela Olympus nas suas câmeras OMD e PEN. Na verdade, este sistema de estabilização embutido da Sony é um produto que decorre da parceria que empresa tem com a Olympus no entanto a Sony afirma que é um novo sistema aperfeiçoado.

Para além disso, A A7 II emprega um sistema de AF híbrido como a sua antecessora, com 117 pontos de foco por deteção de fase incorporados no sensor, mas a Sony afirma que a velocidade AF é agora mais rápida. A resolução de vídeo e taxa frames por segundo permanecem na mesma, mas como todas as câmeras Sony recentes a A7 II agora permite que você codifique no formato XAVC S em 50Mbit / s. E, finalmente, a A7 II apresenta punho mais profundo (e mais rígido) com a posição do botão de disparo mais bem posicionada.

A A7 Mark II ainda não tem um flash embutido ou uma porta de sincronização com PC  mas tem um suporte de flash padrão, para apoiar gama de acessórios da empresa que estão disponíveis. A A7 Mark II  vem também equipada com portas USB e Micro HDMI, juntamente com entrada de headsets de de 3,5 milímetros e microfone. A Mark II também dispõe de Wi-Fi com NFC, que permite a transferência sem fio de imagens.

Portas

Há um slot para cartão de memória único no lado direito do punho, que é compatível com cartões SD e Memory Stick Duo da Sony. Vai precisar de um cartão SDXC, se quiser codificar o vídeo no formato XAVCS. A Sony ainda não dispõe de nenhuma câmera mirrorless com slots duplos para cartões de memória, se isso é importante para si, deve considerar uma DSLR  Nikon D7100 ou mesmo a 7200 ou ainda a Canon EOS 7D Mark II.

A A7 Mark II é alimentada pela mesma bateria NP-FW50 Lithium Ion da sua antecessora, e a Sony divulga que consegue até 350 fotografias com o visor ou 270 com o ecrâ. A duração da bateria descrita é curta, mas a a minha experiência foi ainda mais curta, especialmente porque estava a fazer uso da estabilização, por exemplo, eu praticamente drenei a bateria com pouco mais que 150 fotografias.

Por isso recomendo uma bateria extra e um powerbank, pois esta câmera carrega via USB.

Quanto à experiencia, é uma câmera fantástica uma pequena joia de tecnologia e se quer uma câmera que não pese quase um kilo como a minha Canon 5d, esta Sony A7 tem tudo para dar certo. Pois é uma compacta full frame muito leve.

Dimensões
Dimensões

Sobre as lentes, gostei em particular da qualidade da FE 28 mm, com cores agradáveis e uma abertura adequada a poder tirar fotografias em interiores com baixa luz.

Quanto à zoom FE 24-240 mm F3.5-6.3 OSS, levei-a ao limite e tirei fotografias a distancias impensáveis, num dia em que as condições atmosféricas não eram as melhores para focar, pois a neblina que se encontrava por cima do mar impediam que o autofoco por contraste funcionasse da melhor forma.

Há que ter em atenção que a zoom não é das lentes mais luminosas em termos de abertura para o teste que realizei no entanto cumpriu a sua função na perfeição permitindo captar belos momentos fotográficos que deixo aqui alguns dos registos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Equipamento ensaiado:

Camera A7II   €1.988,00;

Lente FE 28MM F2  €479,00

Lente FE 24-240 mm F3.5-6.3 OSS  €1.099,01

O meu agradecimento à Sony pela disponibilização dos equipamentos.