Reuters proíbe o uso de RAW

Reuters implementou uma nova política mundial para fotógrafos freelancer que proíbe fotografias que foram transformados a partir de arquivos RAW. Fotógrafos devem agora só enviar fotografias que foram originalmente gravadas nas suas câmeras como JPEGs.
reuterspolicy
O anúncio foi feito para fotógrafos freelancer esta semana através deste e-mail curto a partir de um editor de imagens Reuters:
Oi,
Eu gostaria de passar a informação a todos os nossos colaboradores freelancers, devido a uma mudança de política em todo o mundo .. No futuro, por favor, não enviar fotos para Reuters que foram processadas a partir de arquivos RAW ou CR2. Se você quiser fotografar imagens matérias, basta ter JPEGs ao mesmo tempo. Apenas envie-nos as fotos que estavam originalmente JPEGs, com o mínimo de processamento (corte, corrigindo níveis, etc).
Saúde,
Um porta-voz à Reuters confirmou esta mudança de política ao site PetaPixel, e diz que a decisão foi tomada para aumentar tanto a ética como a velocidade.
“Como fotojornalistas trabalhando para o maior fornecedor do mundo de notícias e multimídia internacional, Reuters Pictures fotógrafos trabalham em sintonia com nosso Manual do fotógrafo e da confiança Princípios da Thomson Reuters”, diz Reuters.
“À medida que relatos de testemunhas oculares dos eventos cobertos pelos jornalistas dedicados e responsáveis, Reuters Pictures deve refletir a realidade. Enquanto nós apontamos para a fotografia da mais alta qualidade estética, o nosso objectivo não é interpretar artisticamente a notícia. “
FONTEPetapixel
COMPARTILHAR
Artigo anteriorSurface Pro 4 Do Great Things
Próximo artigoNikon prepara a D5
Nascido em Lisboa, Advogado de profissão e fotógrafo de coração, com licenciatura em Direito bem como formação em Marketing e publicidade, dedica-se à fotografia, e produção de contéudos.