ASUS Transformer 3 Pro

A ASUS revelou na Computex 2016 o seu novo modelo Transformer 3 Pro, uma versão que vai concorrer diretamente com o Microsoft Surface pro 4.

Uma boa novidade para quem queira editar fotografias “on the go”.

O computador móvel mais versáti

Foi desta forma que foi apresentado ao mundo

 

É impossível não o compararmos ao Surface pro 4 da Microsoft, tendo em conta o segmento de mercado onde se insere.

O ASUS Transformer 3 Pro é feito de alumínio. E conta com 8.35 mm de espessura.

À semelhança so Surface Pro 4, com um kickstand, neste caso, de metal integrado que permite colocar o dispositivo num ângulo que pode chegar aos 170º.

ASUS Transformer 3 Pro

 

O teclado é a capa “Cover Keyboard”, retroiluminada, e é magnética conferindo ao seu utilizador uma experiência confortável de digitação, como se fosse um portátil comum.

Junto com o touchpad há um sensor biométrico conectado ao Windows Hello para logins seguros.

Especificações técnicas

  • Tela: 12,6″ (2880×1920 pixels e 275 ppi)
  • Processador: Intel Core i7
  • Armazenamento interno: SSD de até 1 TB
  • Memória RAM: 16 GB (2133 MHz)
  • Câmera: 13 MP e frontal para reconhecimento facial
  • Conectividade: USB Type-C, Thunderbolt, USB 3.0 e HDMI

Acessórios

O ASUS Transformer 3 Pro traz uma família de acessórios que ampliam ainda mais a experiência e produtividade. A ASUS Pen é a caneta do aparelho, trazendo 1.024 níveis de precisão e muito controle para desenhos profissionais ou simples anotação de recados. Com ela, é possível “rabiscar” fotos tiradas com a câmera do aparelho.

Os acessórios opcionais ampliam ainda mais a capacidade e o desempenho

A versão ‘normal’ do Transformer 3 não tem as mesmas especificações que a versão Pro e, na verdade, pouco se sabe do dispositivo. A Asus revelou apenas que terá a sétima geração de processadores da Intel.

ASUS Transformer 3 Pro

No mercado norte-americano, o Transformer 3 será comercializado com um preço a rondar os 718 euros, com a versão Pro a custar perto de 899 euros.

Deixar uma resposta