Olympus OM-30

No âmbito da minha coleção de clássicas trago-vos mais uma Olympus da linha dos dois dígitos, mais precisamente da linha OM.
Sendo possuidor de uma OM10, achei por bem adquirir um modelo da linha que ao contrários dos seus antecessores a OM10 e a OM20, teve um tempo de vida muito reduzido no mercado.
A OM30 foi lançado em 1983, e recordo-me de ter 13 anos e a ver nas lojas um modelo atualizado das suas antecessoras que eram um sucesso, A OM30 foi também chamada OM F em alguns mercados.
om30-3
Esta câmera existe no acabamento cromado e em acabamento preto.
E adquiri-a pois o primeiro passo da Olympus para uma câmera SLR com autofoco.
Mas na realidade a Olympus apenas criou uma lente que permitia o autofoco, a zoom AF 35-70mm que tinha um anel de focagem motorizada, usando três pilhas AAA para operá-la.
Curiosamente este sistema foi reinventado e trazido para o digital novamente pela
Canon em 2016 com o lançamento da sua nova 80D, em que lançaram o PZ-E1 para apoiar não o foco mas o zoom na lente 18-135. Curioso como a Olympus estava 30 anos à frente do seu próprio tempo.
3570AFyuhaiA 3570AFyuhaiD
Nas outras lentes OM, o foco era  assistido com um indicador no visor, no entanto um enorme passo para a evolução da assistência ao autofoco.
om30-4
A OM30 conheceu o sucesso bastante limitado, o sistema de focagem automática no início da Olympus não era particularmente preciso, ne, rápido e tornou-se rapidamente obsoleto em comparação com seus concorrentes.
Eram os anos 80, os anos em que os microprocessadores começavam a aparecer no mercado do grande consumo, na década dos ZX Spectrum, os computadores dominavam, até no cimema tudo era inspirado nesse novo mundo dos computadores e automatismos, recordo-me de ir ao Cinema ver o Wargames, e mais tarde o Electric dreams.
A Minolta mudou o mercado de câmeras para sempre em 1985 com a Maxxum 7000, e só tinham passados dois anos do lançamento da OM30, que não tinha tido tempo de se sustentar, eram anos loucos em que a inovação era desenfreada, e a OM30 era um modelo agarrado ao sucesso do passado.
A Olympus ainda fez mais uma tentativa com corpo OM, lançando a OM707  em 1986. Mas mais uma vez, este foi um caso de pouco sucesso.
om30-5
A Olympus acabou mais tarde por transferir a tecnologia AF para a linha de câmeras IS.
As principais características da OM30 são:
Para ajuda ao autofoco um LEDs de ajuda no visor;
Um interruptor F2 / F4 para o sistema de foco;
In-Focus Soquete do cabo de gatilho (que permite fotos a serem tomadas automaticamente assim que a imagem é colocada em foco);
foco automático com o zoom na Zuiko 35-70 AF;
Ausência do soquete de flash PC;
Ausência do aviso de compensação de exposição.
A OM-30 leva 5 SR44 baterias que são colocadas num compartimento, no lado esquerdo da parte frontal da câmara. No lugar do compartimento de bateria habitual existe um interruptor para desligar o sinal sonoro.
COMPARTILHAR
Artigo anteriorNikon lança uma série de câmeras compactas
Próximo artigoLeica e Huawei unem-se
Nascido em Lisboa, Advogado de profissão e fotógrafo de coração, com licenciatura em Direito bem como formação em Marketing e publicidade, dedica-se à fotografia, e produção de contéudos.

Deixar uma resposta