Sony a9 Game Changer

Sony a9 Game Changer

A Sony a9 vai começar a ser comercializada amanhã dia 25 de Maio de 2017, e nós tivemos no pré lançamento que ocorreu hoje.

A Sony a9 é nem mais nem menos que todo know how da Sony herdado das várias áreas onde se insere, nomeadamente, do cinema, imagem, música e multimédia colocado no DNA das câmeras digitais.

Sony a9

E se com o lançamento das a7 era um piscar de olho ao mercado profissional, com a a9 não falamos de um piscar de olho mas sim um ataque cirúrgico, como se de um ataque Ninja se tratasse, mas eu passo a explicar a razão deste meu comentário.

Já tinha lido muito “ruído” sobre esta câmera na imprensa especializada de todo mundo, mas só testando e experimentando podemos ter a noção do que estamos a falar, e no caso foi hoje com o gentil convite da Sony, a uma plateia restrita de pessoas que foi apresentada esta câmera que a própria Sony apelida de game changer.Sony a9

A Sony a9 é de facto uma “bomba” pequena, leve e cheia de “esteróides”

De todas as características aquelas que destaco mais e que fazem com que esta câmera faça na minha opinião preocupar as marcas como a Canon e Nikon são:

  • Silent shutter  (pode mesmo ser desligado qualquer som, o que permite por exemplo fotografar em campeonatos de golfe onde actualmente as câmeras com espelho são proibidas devido ao ruído provocado pelo abrir e fechar do espelho e do seu efeito gerador de distracção para os atletas que se estão a concentrar nas tacadas).
  • Sem Black out, significa dizer que não existe o característico blackout, o preto de quando o espelho sobe e desce e que o autofoco deixa de funcionar isto significa que ela está sempre a focar.
  • Sensor com memória, o sensor tem memória própria embutida o que permite uns estonteantes 20 frames por segundo podendo gravar em RAW 241 fotografia e 300 em  JPG.
  • 693 pontos de foco
  • 93 por cento de cobertura no visor
  • 1/32000 de shutter speed
  • 30 por cento mais rápido no auto foco comparada com a série a7
  • Visor com 3.6 milhões de pixeis
  • 5 eixos de estabilização no corpo
  • Dual slot cards
  • Placa ethernet para thetering em estúdio

Tive a oportunidade de a testar por breves momentos e posso dizer que em termos de desempenho nos poucos momentos que tive a oportunidade de a manusear esta câmera, posso dizer que é uma verdadeira “bomba” e deixou a pensar seriamente na apresentação que foi feita pelo Country Head da Sony Iberia , Tyler Ishida, que referiu que a Sony pretende liderar o mercado de câmeras digitais, quer no mercado de consumo, quer no mercado profissional onde agora está a entrar, e a Sony a 9, é o primeiro ataque a este mercado.

Por sua vez Pedro Jesus, director de marketing da Sony Iberia referiu que no presente a Sony já detém no mercado europeu 25% do mercado das full frame e quer ser líder de mercado, neste segmento, sendo que o ano de 2017, pretende ser o ano da mudança uma vez que 2016, no que à produção diz respeito não foi o ideal devido ao terramoto que afectou as unidades de produção das suas fábricas no Japão, impedindo a marca de consolidar a sua posição.

Quanto a preço, são 5300 euros só o corpo.

Vamos ficar a aguardar que a Sony nos faculte uma câmera para que possamos fazer o ensaio desta câmera que promete incomodar os dois gigantes Canon e Nikon, e fazer muitos fotógrafos profissionais repensarem o seu sistema.

 

Deixar uma resposta