Sony a6500

A Sony não esperou muito tempo antes de lançar sua nova câmera APS-C sem espelho, a A6500. Embora isso possa soar como uma atualização prematura, a Sony a6500 ganha a estabilização de imagem no corpo tornando mais próxima a linha APS-C da Sony e sua gama de câmeras Alpha 7 full-frame.

Será esta a melhor câmera crop sensor da Sony?

A Sony a6500 é a sucessora natural das Sony a6000 e Sony a6300.

Sony a6500

A Sony equipou sua nova câmera com um buffer muito melhorado para torná-la uma proposta tentadora para fotografia de ação, para além disso há também a adição bem-vinda de uma interface touchscreen. A inclusão desses novos recursos faz com que a a6500 seja uma das câmeras de sensor crop mais completas no mercado no preciso momento.

Características principais:

  • Sensor CMOS APS-C, 24.2MP
  • Touchscreen de 3 polegadas, vari-angle, 921.000 pontos
  • 4K captura de vídeo

Enquanto a Sony A6500 partilha com a Alpha 6300’s  o sensor 24.2MP  APS-C e o sistema de foco 4D (com 425  pontos fase AF), há melhorias bem-vindas em outros lugares.

Trata-se da primeira câmera APS-C da Sony com 5 eixos de estabilização de imagem no corpo, tal como vimos com a segunda geração de câmeras Alpha 7 da Sony. E a grande notícia é que este novo recurso não funciona apenas com as óticas não estabilizada da Sony, mas pode também ser usado em conjunto com as lentes OSS da Sony estabilizadas.

A Sony também fez um upgrade ao buffer da a6500, proporcionando um considerável aumento no desempenho que faz com que a câmera seja capaz de captar 307 arquivos JPEG de tamanho normal ou 107 RAW’s, tudo a uma rápida taxa de 11fps, sendo uma melhoria substancial comparada com os números da A6300 de 44 JPEG e 22 RAW’s.

Sony a6500

Ainda que muito longe dos  200 RA’s da Nikon D500, mas bate a maioria das câmeras, incluindo a capacidade de buffer da Canon 7D Mark II de 31 arquivos RAW.

Um chip de integração (LSI) mais rápido e um algoritmo de processamento de imagem melhoram a reprodução da textura enquanto reduzem o ruído. Com este novo chipset e código, a A6500 produz especificamente menos ruído nas porções médias a altas da ISO100-25,600 da câmera (expansível até ISO51,200).

Sony a6500

A a6500 também ganha um touchscreen, permitindo que você mude o seu ponto de foco no ecrã ao gravar o vídeo. Além do digitalizador recém-integrado, a resolução da tela permanece na mesma resolução de 921 pontos.

Da mesma forma, há o mesmo OLED XGA Tru-Finder, com uma resolução de 2,36 milhões de pontos e 120 hz de taxa de atualização máxima, igual à da a6300, embora o copo do visor seja um pouco mais suave.

A Sony A6500 não ganha recursos adicionais de vídeo em relação à sua antecessora. No entanto, os usuários vão encontrar-se bem equipados para filmar 4K a 25p e 30p, além de imagens Full HD em até 120p para a ação de câmera lenta.

Sony a6500

Num esforço para resolver os problemas de superaquecimento que alguns usuários sentiram na a6300, a Sony criou uma nova configuração “Auto PWR OFF Temp” que prioriza a gravação em detrimento de manter a “câmera fresca”.

Objectivamente o que este novo recurso faz é desligar o limitador térmico da câmera, de modo que você pode gravar 4K filmagens por 29 minutos e 50 segundos de uma só vez e depois disso, você pode gravar outra sessão de meia hora, assumindo que a câmera está operando em condições normais.

Sony a6500

Este novo recurso remove uma restrição importante, mas esta é apenas uma solução de recurso, que na minha opinião não resolve completamente o problema. Embora não tenha notado tanto aquecimento com a Sony a6500, percebi no entanto que ela ficou decididamente quente nas condições de inverno em que a estava a testar, o que me deixa apreensivo em relação ao seu comportamento em meses mais quentes ou sob um sol quente.

Construção:

  • Liga de magnésio e construção de plástico
  • Praticamente idêntico ao Sony A6300
  • Dimensões:120 x 67 x 53 mm (L x P x A)
  • Pesa 453 g

Exteriormente, a Sony a6500 é em grande parte idêntica à sua antecessora. Ainda é um misto de meio-metal, meia-plástico construída em torno de uma armação de magnésio, enquanto componentes como o interruptor de alimentação, porta de bateria e controles são de plástico.

A a6500 é um nada mais espessa do que a a6300, 53mm em comparação com 49mm, para acomodar o sistema de estabilização de imagem no corpo; Ambas as câmeras têm 120mm de largura e 67mm de altura. Os componentes extras também adicionam 49 gramas ao peso, trazendo a a6500 para as 453g (1lb).

Manuseio:

  • Aperto ligeiramente mais profundo
  • Integração básica com touchscreen
  • Controles e menus ainda precisam de trabalho

Um punho mais profundo(permitindo melhor aderência) é uma mudança notável que realmente apreciei, pois permite obter um melhor controlo da câmera. Onde a6300 tinha um único botão de função personalizado à direita do botão do obturador,  a6500 tem dois, ambos localizados entre o botão do obturador e o seletor de modo.

Sony a6500

A a6500 também ganha uma ecrâ (tela) sensível ao toque, trazendo versatilidade para o monitor articulado de 921k-ponto da câmera. Infelizmente, só é útil para alterar o ponto de foco enquanto tira fotos e vídeos, embora você também possa usá-lo como um touchpad para alterar seu ponto de foco enquanto olha pelo visor – um recurso que vimos na Fujifilm X-T20 e Olympus Pen-F.

A interface de toque (tochscreen) é longe de ser tão robusta quanto a da Olympus ou mesmo da Fujifilm. Neste campo, a implementação da Sony não evoluiu muito desde que foi incluído no Sony Alpha a5100. No futuro, gostaríamos de ver a capacidade de passar fotos, e pinch to  zoom com mais interação nos controles na tela.

A tela LCD traseira poderia ter mais luz pois notei que é quase ilegível ao sol directo, que é um grande problema para monitorização de gravações de vídeo, você provavelmente terá que recorrer à leitura de listras de zebra.

Sony a6500

A Sony também conseguiu reduzir o tempo de black-out entre exposições a um mero milissegundo, o que se torna um excelente recurso para fotografias de ação para  por exemplo seguir jogadores.

Embora o layout de controle da Sony a6500 permaneça inalterado em relação à sua antecessora, e isso significar que todos os pontos positivos e negativos sobre os controles da a6300  se mantenham, não podemos dizer que não gosto desta câmera, muito pelo contrário.

Quanto aos Menus:

Embora não tenha falado sobre esta secção na minha análise anterior da a6300, à medida que vou conhecendo melhor estas câmeras tenho algumas sugestões a dar ao fabricante, esperando que a minha experiência de utilização tenha algum eco.

Ito porque embora a a6500 tenha uma estrutura de menu melhor organizada e codificada por cores, ainda é uma tarefa meio confusa procurar quase meia dúzia de páginas para encontrar configurações específicas.

Acho que isso poderia ser facilmente corrigido simplesmente adicionando uma seção de favoritos, semelhante ao sistema da Fujifilm.

Desempenho da focagem automática:

  • 425 pontos AF de detecção de fase
  • 169 pontos AF de detecção de contraste
  • 0,05 seg Velocidade AF

A Sony Alpha 6500 herda o sistema AF mais completo que já vimos numa câmera de lente intercambiável, o mesmo existente e herdado da a6300, vindo equipado com o mesmo sistema de 4D Focus que não me fartei de elogiar na sua antecessora. 425 pontos de AF de detecção de fase combinados com 169 pontos de detecção de contraste adicionais permitem que a câmara encontre a focagem rápida.

Combine isso com a velocidade de disparo contínuo de 11fps e um buffer muito melhorado e a A6500 é uma câmera para desportos de acção e vida selvagem séria, competindo fortemente com as lendas das DSLR como a Nikon D500 e a Canon 7D Mark II, bem como com outras câmeras sem espelho high-end como a Olympus OM-D E-M1

Desempenho:

  • 11fps de disparo continuo
  • Limite de até 307 JPEG / 107 RAW
  • Processador de imagem BIONZ X

Como já mencionamos, a Sony A6500 é um verdadeiro demônio de velocidade, graças às velocidades de processamento.

Uma verdadeira “máquina de guerra”

A a6500 foi “injectada” com o motor de processamento da potente  A99 II. Isso dá à a6500 um buffer de disparo de até 307 JPEGs  disparando em 8fps, dando-lhe 35 segundos de “potência de fogo”. Alternativamente, a 11fps a câmera pode capturar 200 JPEGs em um único ataque ou 107 RAW’s.

Uma taxa de fps rápida por si só não é suficiente para permitir disparo sustentado; Você precisa de um buffer generoso também, especialmente quando você não tem certeza de quando o momento-chave vai acontecer. E a Sony a6500 é bem dotado em ambos os aspectos.

O sistema de medição multi-zona da a6500 mede perfeitamente perfeitamente no ponto sem qualquer superexposição ou subexposição.

Tal como acontece com a maioria das câmaras Sony que já testámos no passado, o balanço de brancos automático do a6500 pode ser um pouco lento e não muda instantaneamente, embora se adapte mais rapidamente do que os modelos anteriores. Há cerca de uma dúzia de modos de equilíbrio de branco, incluindo três configurações personalizadas, que você pode meticulosamente ajustar a temperatura de cor.

A vida da bateria no Sony a6500 é média na melhor das hipóteses. Mas não muito diferente das suas concorrentes. Avaliado para 350 disparos. Eu obtive bem menos. Pelo que recomendo algumas baterias sobressalentes, especialmente se você pretender gravar filmes Ultra HD, o que drena a câmera a uma taxa de 1% por minuto de vídeo.

Qualidade de vídeo:

  • Captura de vídeo de 4K 25p / 30p
  • Captura de vídeo 1080p 120p / 60p / 30p
  • S-Gamut / S-Log

A Sony a6500 basicamente vem com tudo o que videógrafo poderia querer.

Você tem 4K (3840 x 2160) em 25p e 30p gravação em um formato Super 35mm. Neste modo, a câmera usa todo o seu sensor para capturar a fonte de 6K para evitar o corte. Os dados de vídeo sobre-amostrados são então compactados para uma saída final de 4K com profundidade e detalhe aprimorados.

Full HD 1080 gravação também está disponível se você quiser lidar com arquivos menores (cerca de metade em comparação com o vídeo Ultra HD), ea opção de ir até 120p significa que você pode capturar vídeo em câmera lenta.

Profissionais de vídeo também ficarão felizes em saber que a Sony a6500  capta video em 4K  em 4.2.0 internamente e 4.2.2 externamente através de HDMI. Além disso, tem todos os perfis de imagem plana que você deseja para a classificação de imagens mais tarde.

Provida de estabilização “Built-in, o que é algo que sentimos ser necessário na a6300 para vídeo, e agora a Sony disponibiliza finalmente aqui colocando esse recurso na a6500 a par com a série A7 da Sony. Enquanto a Sony tem algumas lentes de zoom que oferecem estabilização óptica, existindo este recurso na câmera torna muito mais fácil com uma lente não estabilizada começar a fotografar ou filmar, sem um monopé ou outro suporte.

Estamos também desapontados no que à entrada para auscultador diz respeito, tal como na A6300, não há auscultadores nesta câmara. Para monitorizar seu áudio, você precisa manter um olho próximo nos níveis na tela, ou conectar um monitor externo com um áudio-out .

Veredicto:

Se já tinha gostado da Sony a6300, os cinco novos recursos da Sony a6500 tornam esta câmera ainda mais completa, quer para desportos de acção quer para um fotógrafo mais sério que também quer entrar no mudo do vídeo.

Apesar de algumas críticas construtivas relativamente aos menus, a verdade é que nenhuma outra câmera faz tanto quanto o Sony a6500 o faz neste tipo de gama. Ela luta claramente corpo a corpo e surpreendentemente bem com muitas DSLRs de gama alta e se você está a pensar em entrar no mundo do vídeo, você não vai encontrar uma opção muito melhor.

Deixo-vos algumas imagens não tratadas, recolhidas durante o ensaio feito na vila de Óbidos.

O nosso agradecimento à Sony Portugal, por ter facultado este equipamento para análise.

1 COMENTÁRIO

  1. Reparo que testou a a6000, a6300 e agora a a6500.

    Na review da a6300 verifico que a diferença para a a6000 não seria nada de especial.

    Na review da a6500 verifico que a diferença para ser bem grande. No entanto, o valor também parece ser a acompanhar…

    Eu ainda tenho a Sony A100 com diversas lentes (sony, sigma e minolta). mas estou a pensar adquirir a a6000 com o kit das duas lentes pois encontra-se a um valor interessante no mercado agora. Ainda achas ser uma boa opção? a Minha ideia é ter algo mais leve e versátil para viagem, sem perder a sensação de controlo de uma reflex.

    A questão de filmar a 4K para mim não é de todo relevante, assim como ligar micro.

    Obrigado,

Deixar uma resposta