Fuji revela a Fujifilm X-T2

Depois de um mês recheado de rumores e notícias sobre as especificações de como seria o novo modelo X-T2, eis que a  Fujifilm finalmente revela oficialmente a nova e excitante e excitante Fuji X-T2. Uma atualização do  modelo X-T1 que Fuji apelida de “The final mirrorless camera.”

X-T2

As grandes inovações da X-T2 giram em torno de duas características: A focagem automática e Vídeo.

O novo sistema AF híbrido possui 325 pontos de AF, incluindo 91 pontos da zona de focagem (49 na X-T1). A Fuji promete “uma focagem precisa em todas as situações de disparo, mesmo com pouca luz” , prometendo um melhor acompanhamento na focagem em movimento.

E o vídeo,  4K pela primeira vez na família X-Series.

X-T2

 

Para além do AF e vídeo, as especificações na sua essência: a X-T2 é selada e resistente à intempérie, possui o mesmo sensor CMOS III de 24.3MP X-Trans APS-C vistp na X-Pro2, a velocidade do obturador mecânico é superior, foi aumentada para 1/8000 (até 1/32000 disponíveis electronicamente) e a velocidade total do tempo de inicialização, da câmera foi melhorada “ao extremo”, segundo as palavras da Fuji.

O EVF OLED  é a mesmo encontrado no X-T1, mas o LCD de 3 polegadas 1.04-dot agora articula mais livremente para permitir fotografias ao nivel da cintura. E agora tem um joystick à sua disposição para a selecção de pontos AF.

Características

Preço
Sugeridos US$ 1599 (corpo), US$1899 (com 18-55mm)
Corpo
Tipo de corpo Sem espelho (mirrorless) estilo SLR
Material Liga de magnésio
Sensor
Resolução máxima 6000 x 4000
Pixels efetivos 24 megapixels
Tipo de sensor APS-C (23.6 x 15.6 mm), CMOS
Filtro de cores (arranjo) X-Trans
Imagem
ISO Auto, 200 -12800 (expansível a 100-51200)
Estabilização de imagem Não
Formatos de arquivo
  • JPEG (Exif v2.3)
  • RAW (Fujifilm RAF, 14-bit)
Óptica & Foco
Número de pontos de foco 325
Fator de corte/multiplicação 1.5×
Tela / visor
Tipo de tela LCD tipo tilting não tátil
Tamanho de tela 3″, 1.040.000 pontos
Tipo de visor Eletrônico, 2.360.000 pontos
Cobertura de visor 100% (com magnificação de 0.77×)
Recursos de fotografia
Velocidade (mecânica) 30 s – 1/8000 s
Velocidade máxima (eletrônica) 1/32000 s
Flash incorporado Não (pequeno flash externo incluso)
Flash externo Sim
Velocidade de sincronismo 1/250 sec
Disparos contínuos 14 fps (obturador eletrônico), 11 fps (com grip), 8 fps (sem grip)
Compensação de exposição ±5 (at 1/3 EV steps)
Bracketing de exposição ±2 (3 frames at 1/3 EV, 1/2 EV, 2/3 EV, 1 EV, 2 EV steps)
Recursos de vídeo
Resoluções 3840 x 2160 (4K), 1920 x 1080 (Full HD), 1280 x 720 (HD)
Format MPEG-4, H.264
Microfone Estéreo
Autofalante Mono
Armazenamento
Tipos de armazenamento Dual SD/SDHC/SDXC UHS II
Conectividade
USB USB 3.0 (5 GBit/sec)
Porta para fones de ouvido Não
Conexão sem fio Incorporada, 802.11b/g/n
Controle remoto Sim (via celular/tablet ou controle com fio)
Físico
Selamento contra poeira e respingos Sim, em 63 pontos
Carga de bateria (CIPA) 340 cliques
Dimensões 133 x 92 x 49 mm
Outros recursos
Sensor de orientação Sim
Gravação de timelapse Sim
GPS Nenhum

X-T2

The DSLR Slayer

Finalmente, a Fuji criou um “Vertical Power Booster grip” especial para a X-T2, e ele faz exactamente como o próprio nome indica. Ao usar o o poder de disparo é aumentado de 8 fps a 11fps e gravação de vídeo 4K pode ir para até 30 minutos em vez de apenas 10.

X-T2

A Fuji anuncia a comercialização da câmera que a imprensa já chama de “DSLR Slayer” já para Setembro e o preço anunciado são 1.600 US$ só para o corpo ou 1.600 US$ num bundle com a lente.

COMPARTILHAR
Artigo anterior10 conselhos para fotografar raios
Próximo artigoNikon F100
Nascido em Lisboa, Advogado de profissão e fotógrafo de coração, com licenciatura em Direito bem como formação em Marketing e publicidade, dedica-se à fotografia, e produção de contéudos.

Deixar uma resposta