Modificadores de luz para fotógrafos amadores

Um tema muito procurado pelos iniciantes, e muito interessante e divertido, pois traz a possibilidade de brincarmos muito! São os MODIFICADORES DE LUZ!

Existem vários e para todos os gostos e orçamentos, e cada um possui as suas peculiaridades, e certamente poderia escrever sobre cada um deles um artigo inteiro!

Também, não tenho a pretensão de saber tudo sobre todos, nem de de abordar todos os tipos de modificadores, e sim, os mais comuns e utilizados, até mesmo porque a utilização de uma simples folha de papel, ou um pano de algodão branco pode modificar a luz.

As possibilidades são infinitas! Assim, neste artigo irei falar de algumas particularidades sobre os tipos de modificadores de luz mais utilizados, e vou me focar apenas nos dedicados aos iniciantes e amadores na fotografia.

Quando falamos em luz, pensamos logo em flashes. Existe o flash do tipo embutido no corpo da câmera, também conhecido como “pop-up”. Entretanto, existem câmeras que não possuem flash embutido. Como por exemplo a minha Canon 5D, e neste tipo de câmeras, usamos os flashes externos. Os flashes externos dão-nos imensas possibilidades, pois para além dos acessórios que vou mostrar, ainda há a possibilidade da luz refletir em diversos ângulos. Um exemplo clássico são as fotografias a “contraluz”, sendo que esse tipo de fotografias não é possível com o flash “pop-up”, pois é embutido no corpo da câmera e só aponta “para frente”.

Uma curiosidade que raramente vamos encontrar é  um profissional a usar o flash “as is”, “como ele vem na caixa”! Quase sempre haverá um acessório. É justamente aqui que entram os Modificadores de Luz!

 

DIFUSOR

Em primeiro lugar vamos falar sobre o DIFUSOR. Ele é um acessório barato e muito utilizado. Trata-se de um um acessório colocado na cabeça do flash. Geralmente não depende de elásticos ou velcros  para ser fixado. Basta encaixa-lo no seu flash. Este acessório tem a função de deixar a luz mais “suave”, com sombras menos “duras”.

Uma coisa que tem de ter em atenção é que a luz que sai diretamente do flash vai basicamente para uma direção. Ao colocar o difusor e deixar o flash apontado para cima  por exemplo, o difusor vai fazer com que a luz em vez de se projetar apenas para uma direção (para cima), essa luz vai  expandir-se para todos os lados, sendo o suficiente para iluminar de forma mais agradável o modelo que está a fotografar, e até mesmo em redor dele. A luz é mais “espalhada” e não tão direta. E ainda ajuda a reduzir os olhos vermelhos, pois suaviza a luz que sai do flash.

Veja a review do Aperlite YN 500 um flash a ter em consideração.

 

Aperlite-YH-500N-Professional-Flash-Flashlight-for-Nikon-Digital-SLR-Camera-Supports-TTL-Wireless-S1__41ofKCsiELL

SOFTBOX

Como o próprio nome já diz, trata-se de uma “caixa” (box) para “suavizar” (soft) a luz.

Existem softboxes de diversos tamanhos e formatos, que variam de acordo com a quantidade de luz que se pretende para determinado tema. Podem ter o interior metalizado ou branco. Há um grande difusor que cobre o softbox. E esse difusor, na maioria das vezes é branco, mas podemos utilizar difusores coloridos também, de acordo com o efeito que desejarmos. As sombras também ficam mais suaves com o uso do softbox, tanto no motivo quanto no fundo.

Há softboxes que usam luz contínua, ou seja, lâmpadas dentro deles, as quais são alimentadas através de eletricidade, mudando a intensidade de acordo com a quantidade dos watts das lâmpadas. Há também softboxes que podem ser utilizadas com flashes externos/portáteis. Nesse caso, há um espaço atrás da softbox para que a cabeça do flash seja encaixada. Por norma, as softboxes são utilizados sobre tripés (em breve irei fazer reviews sobre algumas marcas que já se disponibilizaram a colaborar comigo, nomeadamente a fotopro).softbox

 

Ainda em relação aos softboxes, há os que podemos chamar de “mini softboxes”. São verdadeiras miniaturas dos tradicionais, Elas são colocadas na saída de luz do flash, e possuem as mesmas funcionalidades do softbox maior, pode ser utilizada com o flash fixado no suporte da câmera”hotshoe”  como também de forma remota (fora da câmera).

mini-difusor-450x290

FILTROS DE COR

Também podem ser chamados de “GEL”. São cartões plásticos, resistentes ao calor, que basicamente são colocados na cabeça do flash para modificar a temperatura da cor. Há filtros de cor de diferentes tamanhos, ou seja, há outros maiores que podem ser colocados, por exemplo, numa softbox, como referi acima. Pode utilizar os filtros de gel para alterar a cor do fundo de uma fotografia, mudar o tom da pele, do ambiente, etc. Com eles pode testar infinitas possibilidades de modificar a luz! Um exemplo que pode ser dado aqui é quando uma fotografia é tirada no por do sol. Caso utilize o flash diretamente sobre o modelo sem qualquer filtro, não dará a impressão que a pessoa está naquele local, pois ficará iluminada apenas com a luz branca que é emitida pelo flash. Entretanto, caso  utilize um gel laranja para essa mesma fotografia, a temperatura da cor aumentará, e haverá mais harmonia entre o ambiente fotografado e a luz disparada sobre o modelo. Existem filtros com cores que podem ser colocados na lente da câmera, mas nesse caso, toda a fotografia sairá com a mesma tonalidade, neste caso não há, exatamente, uma “modificação” da luz, mas sim, de toda a fotografia.filtros-flash

REBATEDORES DE LUZ

Os Rebatedores, também conhecidos como “Refletores”, podem transformar a fonte de luz em duas.

Confuso?

Imaginem a luz do sol por trás do seu objeto ou modelo. Certamente  estariam “subexpostos”, pois a luz do sol é muito forte. Com um rebatedor prateado, literalmente rebate a sua fonte de luz (aqui no caso a luz do sol, transformando-a numa “segunda luz”) para o rosto ou corpo do seu modelo, bem como para o objeto fotografado, deixando, assim, a exposição correta, com preenchimento de luz. Existem rebatedores translúcidos, prateados e também dourados. Os dourados podem ser usados da mesma forma, sendo certo que diferença estará na temperatura da cor, ou seja, estará mais laranjada/avermelhada. O rebatedor também pode ser utilizado na versão “translúcida”. Neste caso, servirá como um grande “difusor”, podendo até mesmo criar uma sombra bastante suave sobre o rosto do modelo ou objeto fotografado. Muitos rebatedores já vêm com dupla superfície, ou seja,  pode trocar a superfície (com velcro ou fecho de correr) e usar da maneira que desejar!

rebatedores

SOMBRINHAS

Muito utilizadas em estúdios, as sombrinhas são muito versáteis para modificar a luz! Basicamente, existem dois tipos de sombrinhas: as Rebatedoras e as difusoras. Assim como nos rebatedores de luz, as sombrinhas rebatedoras podem ser prateadas ou douradas, também dependendo do efeito e da temperatura da cor que procuramos. Já as difusoras, assim como os demais difusores em geral, são translúcidas e elas são apontadas (parte externa) para o objeto fotografado, enquanto que as rebatedoras ficam com a parte interna voltada para o objeto. Espalham muito bem a luz projetada pelo flash, que em ambos os casos fica preso dentro da sombrinha. Por norma conseguimos mais potência em termos de iluminação do que com as softboxes.

sombrinha-rebatedora-450x353

 

Sombrinha Rebatedora

sombrinha-difusora-450x332

 

Sombrinha Difusora

BEAUTY DISH

É um modificador de luz muito utilizado em retratos. E possui uma espécie de “disco” no centro, onde o flash é disparado por trás deste disco, e a luz e espalha-se e difunde-se por todo o refletor, e ilumina muito bem, por exemplo, rostos, não espalhando tanto a luz para os demais contornos. Com o beauty dish, a luz é bem distribuída sobre o ponto focado.

Conselho importante é que o beauty dish não deve ficar muito distante do modelo, pois quando mais próximo estamos do modelo maior é suavidade para a luz refletida.

 

beauty-dish-450x623

SNOOT

Por fim, também conhecido como “cone”, temos o Snoot. Que faz o oposto de um difusor, ou seja, ele “concentra/direciona” a luz para o objeto fotografado, enquanto o difusor “difunde/espalha”, Este por sua vez é muito utilizado, por exemplo, em fotografia de produtos e para fotografias de cabelo, pois a luz é bem direcionada. Este também é fixado no flash através de velcro.

Conselho é um modificador que também pode ser “caseiro”, bastando um pouco de tempo e criatividade!Snoot-450x429

Espero poder ter ajudado, e estas são as opções mais económicas a ter em conta para o fotógrafo amador, existindo no entanto produtos muito mais “hithech” para todo o tipo de orçamentos.

Agora vamos, saia da zona de conforto e comece a brincar com a luz.

Deixar uma resposta