Modelos de Câmeras Guia Prático

No mercado em que nos movemos, onde a tecnologia está avançando de forma vertiginosa e os fabricantes não querem ficar para trás, é normal que a maioria das pessoas que se interessam por fotografia acabem por ficar perdidas num mar de siglas, números e nomes dos novos modelos das câmeras. Portanto, este artigo visa esclarecer a nomenclatura dos modelos dos principais fabricantes, no que aos corpos de câmera diz respeito.

Uma vez que existem imensos  fabricantes, seria muito difícil fazer uma análise de tudo, nesse sentido apresento desde já as minhas sinceras desculpas se não referir algum.

A minha escolha recaiu nos fabricantes que mais volume de vendas apresentaram no decorrer do primeiro trimestre de 2016.

Corpos de Câmeras Canon

São identificados por um número de diferentes dígitos seguidos pela letra D. O número de dígitos indica a gama a qual ela pertence, que vão desde os modelos de entrada de quatro dígitos para unidades modelos profissionais. (mais números menos profissional, menos números, mais profissional). E há ainda aqui que distinguir as Full frame das Crop Frame.

Canon EOS 1D X Mark II

  • Faixa de entrada: actualmente o 1300D. Uma gama que foi apresentada já à alguns anos há alguns anos começou com o 1000D, e destina-se a ser um corpo  básico e acessível para aqueles que querem começar com a câmera DSLR.
  • Gama baixa: Actualmente o 750D. Há também uma 100D, muito pequena. (que visa a portabilidade)
  • Gama Semi-profissional: Actualmente a 80D. Junto com o seu antecessor, o 70D e 60D , eles introduziram melhorias no sistema de abordagem híbrida.(modelos usados por muitos dos youtubbers)
  • Gama profissional: A gama profissional ostenta apenas um único dígito no nome, mas ao contrário de faixas anteriores, em que um número maior indica um número de modelo mais recente aqui indica o modelo, o número 1,significa o topo da gama. À Medidaque os modelos vão sendo enovados e vão saindo updates é inserida numeração romana, por exemplo a 5D espera-se qe saia ainda este ano o modelos com a actualização IV, ou seja Canon 5D MK IV.

7D: Câmara profissional, mas formato APS-C. O modelo MKII II já está no mercado.
6D: Modelo de entrada no formato full-frame. Ligeiramente menor do que suas irmãs mais velhas e com Wi-Fi e GPS.
5D: Corpo de câmera profissional(full frame). Atualmente, existem o modelo Mark III e dois modelos de alta resolução: 5DS e 5DS R (espera-se que saia ainda este ano a Mark IV).
1D: a faixa mais alta para os profissionais.

Sem espelho: A Canon para este mercado encontra-se com as câmeras com a designação M, sendo o atual modelo Canon M3.

Avançadas Compact: Canon tem uma família com o nome de G, que vão desde G3X para G9X.

Corpos de Câmeras Nikon

Ao contrário da Canon, os corpos da Nikon começam com a letra D seguidas por um número.

Nikon-D750-post-09-07-750x549

  • Faixa de entrada: Series 3000. Actualmente, a D3300, são as câmeras para começar em fotografia SLR.
  • Gama Baixa: Série 5000. O último modelo é o D5500.
  • Gama Semi-profissional: serie 7000. Câmaras com algumas características de ponta. A D7200 já está no mercado.
  • Gama profissional:

D500:  Uma nova gama deste ano, e a sucessora natural dos corpos  D300 e D300S com recursos profissionais, mas ainda em formato DX (APS-C sensor crop frame).
D600: Entrada de gama no formato FX (full-frame). D610 é o último modelo.
D750: Um pouco menos evoloída que a sua irmã a D800.
D800: Corpo profissional e um sensor de câmera fantástica. Já existe o modelo D810.
D5: Profissional da Nikon e emblemática, com uma alta sensibilidade. Substitui o veterano da série o D3.

Retro: A Nikon tem um modelo com um look retro, ou vintage, a Nikon Df , no entanto com características high-end, mas um look SLR clássico.
Sem espelho: Estas têm o nome de Nikon 1, seguido por uma letra e um número que indica o modelo, como a nova Nikon 1 J5.

Corpos de Câmeras Pentax

Ainda que com uma presença muito tímida no mercado, e porque sinto algum carinho pela marca, por ter sido a minha primeira câmera SLR, e apesar de em Portugal a informação prestada aos jornalistas quer em termos de câmeras para análise, quer em termos de informação, prestada a tempo útl, para que possamos dizponibilizar ais nossos leitores seja escassa, não quis aqui deixar de fazer uma referência.

  • Gama Baixa:  O corpo K-S2 é conhecido por ser muito resistente aos elementos da natureza, pesar de ser um modelo de entrada de gama.
  • Gama Média: O corpo K-3 II. Uma corpo de câmera que afirma ser muito resistente e incorporar bússola e GPS.
  • Gama Média Alta: O corpo K-1. Muito recentemente o seu primeiro modelo foi lançado com sensor de Full Frame.
  • Gama Alta:  A Pentax tem um modelo de médio formato e neste caso tem sido uma revolução neste sector, a Pentax 645 Z.

Corpos de Câmeras Sony

A Sony é dos fabricantes que mais tem evoluído no âmbito da imagem digital, e é atualmente o maior e mais avançado fabricante de sensores para câmeras digitais, fabricando para a Nikon e Canon.

sony06300 (1 of 1)

Lideram sem qualquer dúvida a evolução das câmeras digitais nos últimos anos.

Sendo os fabricantes dos melhores sensores no mercadoe com uma  oferta muito forte, para o que muitos acreditam ser o futuro inevitável das câmeras, que são as câmeras sem o espelho. E neste sentido, este fabricante tem investido no lançamento de câmeras muito inovadoras e revolucionárias, fazendo com que marcas como a Canon e Nikon estejam a perder quer mercado, quer os seus fotógrafos embaxadores que são os opinion makers e social influencers.

Câmeras com Espelho fixo translucido

Gama Baixa: Série A55
Gama Semi-Profissional: Série A77
Gama Profissional: Série A99

Câmeras Sem Espelho:

  • Série A5000 e A6000: Vieram a substituir a antiga família Nex. São câmeras de lente intercambiável ultra-compactos com sensor APS-C.
  • Série A7: São a maior revolução neste sector com um sensor de Full Frame numa câmera sem espelho são corpos  bastante compactos, e com um preço relativamente baixo. O modelo II  já conta com estabilizador.
  • Série A7S: Também representou uma novo conceito em apostar num sensor com menos megapixeis, mas com alta sensibilidade, e altamente evoluída na gravação de vídeo. Esta já conta com o modelo renovado a versão II.
  • Série A7R: Modelo topo da família, com resolução muito alta. Esta também já conta com o modelo renovado a versão II.

Câmeras compactas: A Sony também tem uma série de câmeras compactas que se destacam vários novos recursos:

Série RX100: ultra-compacto e visor high-end.
Série RX10: Câmera bridge de gama alta
Série RX1: Câmeras compactas com sensor de FF e lente de alta qualidade.

Dito isto:

Importa referir que existem fabricantes, como a Fujifilm, Olympus e Panasonic que também têm um sistema de câmeras sem espelho com lentes intercambiáveis de muita qualidade, mas que tornaria um artigo demasiado extenso, e sendo que as informações prestadas à imprensa são menores, foi dada preferência às marcas acima referenciadas, dada a sua representatividade no mercado onde se inserem.

Deixar uma resposta