Conselhos para fotografias de aventura

Se você é como eu, e a fotografia não é apenas sobre casamentos e retratos. Eu por exemplo  adoro ficar ao ar livre com minha câmera e explorar as montanhas e florestas, castelos e paisagens  ao redor da minha cidade natal Lisboa. Sair de carro fazer 100 ou 150 kms e depois parar e passar o dia fazendo caminhada com uma mochila às costas é sempre uma oportunidade para fotografar as minhas aventuras e compartilhar estas belas paisagens com os outros.
Dessas minhas aventuras irei dar alguns conselhos para os interessados em captar imagens que são tão épicas como as aventuras que tornam épicas. Se você é um guerreiro de fim de semana, um novo andarilho ou um atleta de elite, considere estes conselhos para levar as suas fotografias de aventura ao ar livre para o próximo nível.

Aventure-se mais.
O primeiro passo, é um exemplo óbvio. A aventura faz as fotografias. Se você escolher uma  aventura pobre, suas fotografias provavelmente não será tão espetaculares. Faça perguntas sobre onde você quer ir e a aventura que você quer fazer. Será que você vá para um local popular, ou você vai se aventurar em um local “inexplorado” que poucos têm alcançado?

Faça sua pesquisa!
Não existe tal coisa como demasiado pesquisa. Você deve conhecer a configuração do terreno antes mesmo de sair pela porta. Verifique Google Earth para obter todas as informações para a sua viagem. Pesquisa hashtags no Instagram para ver o que outros fotógrafos capturaram ao longo da trilha. Não sinta medo de questionar os moradores do local para onde você está viajando.

O pôr do sol e o nascer do sol, bem como as fases da lua são importantes para um fotógrafo. Você vai querer planear o seu timming para essa viagem para que nos lugares certos saiba quando quando a luz é apenas a mais adequada.. A lua também é importante se você é um fotógrafo que gosta de fotografar à noite tentando capturar a Via Láctea.

Leve o equipamento certo.
Leve apenas a quantidade certa de engrenagem e as ferramentas que você precisa em sua aventura não são apenas o essencial para capturar ótimas fotografias, mas também deve preocupar-se com a sua sobrevivência. A aventura que você tomar terá impacto sobre as escolhas do seu equipamento. Por exemplo trazer um DSLR full frame pesada e múltiplas lentes se você está escalando um cume da montanha. Além disso, você vai ter que trazer outras coisas para além da câmera, como tripés, baterias e cartões de memória. Tendo muito  peso extra na sua mochila e pode causar uma grande viagem com um fim curto.

Lembre-se que você vai precisar para se certificar de que você tem bastante água, roupas para o calor e comida para manter a sua energia. Levar sempre um kit de primeiros socorros e informar várias pessoas para onde você está indo e quando você pretende estar de volta.

Esteja pronto!
Tenha sua câmera sempre pronta, parece simples, mas é fácil de  se esquecer. As melhores fotos podem aparecer de forma inesperada. Tendo sua câmera na mochila  até chegar ao seu destino não é maneira de caminhar. Tenha o seu ajuste de câmera definido e sua câmera fora da mochila e pronta durante toda a sua aventura.

Use um tema.

Muitas vezes o que distingue a fotografia de aventura da fotografia de paisagem é o uso de um tema “diferente. Uma pessoa estrangeira, uma tenda ou outro objeto externo pode adicionar perspectiva e escala para uma cena. Adicionando objetos encontrados na sua viagem também dão às suas fotografias uma sensação do que levou para chegar lá e capturar a foto.

Encontre uma perspectiva única.
A mesma ponte ou estrada no Instagram que todo mundo faz ao visitar um local específico não criam qualquer impacto. Faça as suas fotografias únicas, se você quiserr que eles se destaquem. Sugiro que  fotografe os seus temas de modo formar ângulos superiores ou inferiores, ou de perto ou de longe.De forma a colocar as pessoas diferentes na sua cena ou ficar para trás e vê-los aventurar-se para longe por exemplo para o deserto. Se você apenas tentar e recriar fotos que outros já fizeram, você pode ficar com uma grande fotografia, mas não é exclusivo para você e sua aventura.

Voltando para casa com segurança é apenas metade da aventura quando se trata de fotografia. Agora vêm os processos de edição “pós-aventura”. Tenha a certeza de seus horizontes estão a nível, retocar luzes e sombras e trazer para fora os detalhes nos seus temas. Fotografar em RAW dá-lhe a mais latitude em pós-produção e é especialmente útil em fotografia de aventura ao ar livre quando seus destaques e lowlights podem ser extremas. Gastar um pouco de tempo com suas fotografias antes de compartilhá-los com o mundo pode fazê-los ir de grande inesquecível.

Então, se você é um fotógrafo cheio de vontadade de chegar ao ar livre com a sua câmera ou se você é um aventureiro olhando para capturar suas viagens, estes concelhos vão ajudá-lo a sair para  uma aventura épica com algumas fotografias épicas.

Agora saia do seu computador  e FOTOGRAFE!!!

 

 

 

Deixar uma resposta